Água, GATORADE, Bebida isotônica e Bebida esportiva, O que usar? O que faz mal?

Água, GATORADE, Bebida isotônica e Bebida esportiva, o que são? O que usar? O que faz mal?

Devo utilizar Gatorade bebidas isotônicas, bebida esportiva para me manter hidratado antes, durante e pós-treino?

Para melhor esclarecimento, vamos entender primeiro que são cada uma dessas fontes de hidratação:

Bebida esportiva, também conhecida por Bebida isotônica ou isotônicos, é uma bebida constituída por água, sais minerais e carboidratos, contendo formação semelhante ao plasma sanguíneo. São ricos em cálcio, potássio, fósforo e sódio e foram desenvolvidas para repor líquidos e sais minerais perdidos pelo suor durante a transpiração.

O Que é Garorade e do que é Composto?

Gatorade é uma marca de bebida isotônica, constituída por água, sais minerais e maltodextrina, em concentração similar à dos fluidos naturais do corpo humano.

A bebida é produzida pela Quaker Oats Company, uma divisão da PepsiCo, e é comercializada em vários países. Gatorade foi formulado para ajudar atletas a repor os líquidos e sais minerais perdidos com o suor e fornecer energia para os músculos, energia que se perde durante a prática de atividades físicas. Abaixo saberá se o Gatorade Faz Mal a Saúde ou se é puro mito.

Considerada um repositor hidroeletrolítico, sua composição assemelha-se à do soro fisiológico comum, contendo água, açúcar e sal, mas não deve ser utilizada como substituto. A bebida também contém uma concentração significativa de carboidratos (atenção: não beba isotônico antes se você já fez uma refeição com carboidratos, pois a bebida já contém esse nutriente).

Não é recomendado para pessoas portadoras de diabetes, doenças renais ou hipertensão, que devem consultar um médico antes do consumo do produto.

Ademais marcas de bebidas isotônicas seguem o mesmo padrão de composição que o Gatorade.

 

Lista das marcas mais vendidas no mercado:

  • Gatorade
  • Marathon
  • Powerade
  • i9
  • Taeq

 

Há uma frequente dúvida entre os praticantes de atividade física sobre qual é a melhor opção de hidratação antes, durante e depois dos treinos.

Sabes-se que para ter melhor desempenho, evitar fadigas e ter bons resultados o corpo deve estar bem hidratado.

 

Mas como saber qual a melhor opção Água x Bebida Isotônica (Gatorate) para se manter hidratado durante e depois dos treinos?

Água, como dito na publicação anterior tem o papel importantíssimo de manter o volume sanguíneo adequado para equilibrar as circulações, a frequência cardíaca, transpiração e temperatura corporal, retardando o aparecimento da fadiga ou cãibras e auxilia e muito na síntese Proteica.

Uma boa hidratação retira os resíduos e produtos tóxicos que se acumulam como resultado de contrações musculares intensas.

A hidratação deve ser feita desde o início da atividade, porque não importa apenas o quanto você ingere, mas também a frequência. Até porque a sede é um sinal tardio de desidratação, e se a atividade não ultrapassar uma hora, só uma boa hidratação a base de água, já basta.

Gatorade (bebidas isotônicas) ou bebidas esportivas são bastante consumidas pela população, principalmente por atletas profissionais e por pessoas que praticam esportes (1), contém uma concentração de eletrólitos semelhante aos fluidos do nosso corpo e, portanto, podem ser incorporados e transferidos para a corrente sanguínea.

Elas contêm também carboidrato que reduzem o esvaziamento gástrico e retarda a fadiga. O consumo voluntário dessas bebidas é maior do que o de água, por causa de sua palatabilidade (2).

Características como temperatura da bebida, “doçura”, sabor e intensidade do gosto na boca e acidez influenciam a aceitabilidade, estimulando, portanto, o consumo de líquidos durante o exercício (1). Sua ingestão só é aconselhada para atividades com durações acima de uma hora.

De acordo com a RDC 18/2010 da Anvisa, capítulo III e artigo 6º, os suplementos hidroeletrolíticos para atletas podem conter: água, vitaminas e minerais, açúcar, sal, potássio, minerais e carboidratos nas proporções máximas:

  • A concentração de sódio entre 460 e 1150 mg/L e de potássio até 700 mg/L.
  • A osmolaridade do produto pronto para consumo deve ser inferior a 330 mOsm/kg.
  • Os carboidratos até 8% e frutose, até 3%. Indicações e Cuidados O consumo da bebida isotônica deve ser feito de preferência com ela bem fria.
  • Está indicado para repor as perdas de mais de 2% do peso do indivíduo por sudorese ou então após exercícios intensos por mais de uma hora.A escolha do melhor isotônico leva em conta aquele que contém entre 6% a 8% de carboidrato (maltodextrina ou frutose), pois manterá lenta a absorção da glicose, prevenindo hipoglicemia pós-exercício.
    Como a sede já é sinal de desidratação, a sua correção deve ser prevenida antes, mantida durante e estendida até o final da primeira hora após a atividade física. Alguns costumam usar a equação Peso Perdido x 100 / Peso Corporal, e no caso do resultado ser maior que dois, deve-se ingerir um isotônico. Se o resultado for menor ou igual a dois, a ingestão de água já é suficiente. O resultado dessa equação indica também a quantidade em litros, de líquidos que o indivíduo deve ingerir para normalizar a hidratação com plena recuperação.

 

Segundo a ANVISA, “este produto não deve ser consumido por crianças, gestantes, idosos e portadores de enfermidades”.

O uso indiscriminado, sem noção, como refrigerante, por crianças e mesmo por jovens, além de gestantes, deve ser evitado e sem dúvida, alertado pelo médico.

A mesma atitude é assumida em relação aos hipertensos, diabéticos e renais, com a recomendação de não consumi-los como regra geral.

Um ponto fundamental é o de que o médico precisa saber se o cliente faz uso dessa bebida, para poder revisar o tratamento. Afinal este é um produto feito basicamente para atletas (de competição), não é um simples refrigerante.

 

Gatorade Faz Mal a Saúde? ou bebidas isotônicas fazem mal? Veja o Porquê.

Essas bebidas foram desenvolvidas para Atletas de competição, de grande intensidade, principalmente os de longa duração, cujo seus treinos tende a ter duração acima de 1 hora. Onde há perdas significantes de sais minerais, água, alterações de peso e fonte de energia.
Para Atletas convencionais (desportistas), principalmente os que só praticam musculação, não há necessidade e não se recomenda a ingestão de Gatorade ou bebidas isotônicas, pois a perda de água e sais minerais durante o treino, não geram grandes alterações. Somente uma hidratação a base de água e suco já é o suficiente.

Deve ser evitado por indivíduos que não praticam exercícios, não recomendado para pessoas que sofrem de insuficiência cardíaca, hipertensão arterial ou doenças renais, por conta da alta concentração de sódio e pessoas portadoras de diabetes por conta da concentração de Carboidrato.  Crianças devem consumir isotônicos se forem atletas que participam de competições.

 

 

Referências Bibliográficas.

  1. Zandim DL, Gilio C, Rossa Júnior C, Sampaio JEC. Influência de bebidas isotônicas na remoção de smear layer de superfícies radiculares após raspagem. Estudo in vitro. Rev Odontol UNESP. 2008;37:267-73.

 

  1. Guerra I. Importância da alimentação e da hidratação do atleta. Rev Min Educ Fís. 2004;12:159-73.

 

  1. BRASIL, Resolução RDC 18/2010, capítulo III, ‘’DOS REQUISITOS ESPECÍFICOS e artigo 6º Os suplementos hidroeletrolíticos para atletas devem atender aos seguintes requisitos. ’’ Órgão emissor: ANVISA – Agencia Nacional de Vigilância Sanitária Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/ > Acesso dia 21 de agosto de 2017.

 

  1. GSSI (Gatorade Sports Science Institute). O consenso: atividade física no calor: regulação térmica e hidratação, 1999.

 

Gostaria de ter mais conteúdos como esse? Curta a Página: Priscila Arcanjo – Nutrição Esportiva e Wellness

Água, GATORADE, Bebida isotônica e Bebida esportiva, O que usar? O que faz mal?
5 (100%) 3 votes

Deixe um Comentário